Berlim- A nova Berlim (Cosmopolita)

Oi, gente!!

O assunto hoje é Berlim, que não é Rio de Janeiro, mas é uma cidade maravilhosa.

image

Em 2012, estive em Berlim, na Alemanha. Mesma época que estive em Malta. Lembram? Postei recentemente sobre.
Para quem ainda não leu a postagem sobre Malta click aqui: Descobrindo Malta

image

Fiquei em Berlim por 7dias. Confesso que não conheci tão bem, por isso esse ano, pretendo retornar.

image

Vou tentar compartilhar um pouco do que conheci e vivi nesses 7dias.

image

Berlim é considerada por muitos a melhor cidade para se viver na Alemanha, muitos alemães de outros estados ou pequenas cidades da Alemanha querem morar em Berlim, pois Berlim é o centro da área metropolitana. É artística, moderna, cosmopolita.

image

Berlim tem muitas galerias de arte e museus, o que torna a cidade muito interessante, pois são lugares antigos com toque de modernidade.
A cidade tem uma vida noturna bastante agitada e de estilo bem descolado. Possui muitos clubes, bares e restaurantes de todos os tipos, a cidade parece ganhar mais vida à noite, pois mesmo com o frio pode-se ver muita gente e animação nos lugares. É tudo meio “zeitgeist.” Arte, memória, modernidade.

image

Eu estive em uns dois clubes meio que alternativos e depois encontrei uma festa em um lugar subterrâneo. Muito diferente de tudo que eu já tinha visto, aqui no Rio tem um lugar que lembra bastante esses lugares. É a Casa da Matriz, em Botafogo. Casa da Matriz

Esse tipo de lugar é bem comum em Berlim. O que me incomoda um pouco em Berlim, para falar a verdade, na Europa em geral. É que as pessoas fumam com uma frequência muito grande, inclusive, em lugares fechados.

São festas underground, mas não é qualquer um que entra nessas festas não. Só entra quem tem um estilo ou uma cara de cool, sei lá. hahaha

O sistema de transporte público em Berlim funciona muito bem.
É composto por ônibus, tram(bondinho) e metrô. Os bondinhos do tram e metrô viajam em trilhos pelas ruas, e suas linhas circulam em grande maioria na parte leste da cidade.

image

Eu não gosto e nem bebo refrigerante, mas experimentei um refrigernante só porque era orgânico.
Acredito que este aí seja mais saudável, pois ele não tem gás carbônico, como os refrigerantes comuns, é fermentado com matérias-primas naturais, assim como a cerveja, que particulamente também odeio! Mas a grande diferença é que na cerveja o açúcar se altera em álcool durante a fabricação, e na produção deste refrigerante ele se transforma em ácido glucônico. Por eu não gostar de refrigerantes, tbm nao gostei desse, mas recomendo para os viciados em refrigerante.
image

Um dos grandes destaques da Alemanha é a famosa Cerveja Alemã, tem um gosto amargo, mas é considerada saborosa para muitos. Uma comida popular e bem baratinha que experimentei foi um tipo de Salsicha bem famosa, que chamam de “wursts” em alemão, e também as batatas com maionese são bem populares por lá. Não muito diferente das batatas do Brasil. As Salsichas são vendidas em furgões ou em barracas nas ruas.

image

Tendo como referência turística o portão de Brandemburgo, que é um simbolo da capital de Berlim, possui um estilo neoclássico, com doze colunas de estilo grego.
image

Relembrando um pouquinho mitologia e histórias, no alto dos portões tem a Quadriga, que é a estatua da deusa grega Irene, puxada por quatro cavalos, antes simbolizava a paz, mas quando Napoleão e sua tropa invadiu a Alemanha levou a Quadriga para França, mas teve que devolver quando perdeu a guerra das Nações. E a Quadriga recebeu uma cruz e uma aguia, passando a simbolizar a Vitória.

image

Um lugar que me senti muito mal, pouco confortável, que nem tive muita vontade de tirar fotos foi no memorial aos judeus mortos no holocausto, projetada pelo arquiteto Peter Eisenman, é uma extensa escultura representada por blocos de concreto, construídos para transmitir uma intraquilidade em um clima de confusão, representando um sistema ordenado que perdeu a razão humana. É, a obra do arquiteto realmente atingiu seu objetivo, pois o lugar transmite uma sensação de desconforto e tristeza tremenda.

image

Além do Memorial aos Judeus há também em Berlim um Museu judaico, com a história dos judeus na Alemanha, é um museu moderno e interativo, tem uns sofás em formato de rodas que você entrar e interage com as imagens expostas na tela.
image

image

image

image

O museu foi construido em 1933 e fechado em 1938 pelos nazistas(loucos) ele mostra dois milênios de história  e cultura judaica alemã. A estrutura arquitetonica do Museu é em forma de ziguezague, o que o torna muito interessante, vindo se parecer com uma estrela de Davi quebrada.

image

Estive no muro Muro de Berlim, um dos lugares mais visitados por turistas de todo o mundo. O Muro que foi construido na madrugada de 1961, durante a Guerra Fria pelos comunistas da Alemanha Oriental, separou por 30 anos Berlim Oriental da Berlim Ocidental, o muro simbolizava a divisão do mundo em dois blocos. Ou seja, duas partes, a parte comunista e a parte capitalista. As pessoas da Berlim Ocidental não podiam passar para Berlim Oriental e as pessoas da Berlim Oriental não podiam passar para Berlim Ocidental, por 4anos foi permitido um visto para visitação à Berlim oriental, mas as pessoas da Berlim Oriental não podiam passar para à Berlim Ocidental. Era um regime totalmente ditador.

FB_IMG_1493883930481

Milhares de pessoas aprisionadas, centenas de pessoas feridas e centenas de pessoas mortas, milhares de pessoas tentavam fugir pulando o Muro, mas era bem complicado, pois o Muro era bem alto e tinha um forte sistema de segurança.

image

image

Atualmente, tem o memorial do muro de Berlim e em muitas partes do outro lado do muro há descrições em círculos dourados no chão informando que naquele lugar alguém conseguiu fugir do regime comunista. É um muito estranha a sensação de está no memorial do Muro como também é estranha a sensação de estar no memorial do holocausto, pois ambos passam a sensação de angústia e sofrimento, mas ao mesmo tempo é bem curioso de se observar. O Muro de Berlim foi derribado em 1989. Em algumas partes que não foram derribadas, existem hoje muitos grafites.
image

O Palácio de Charlottenburg é um antigo palácio real da Prússia, localizado na povoação de Charlottenburg, distrito berlinense de Charlottenburg-Wilmersdorf, na Alemanha. O palácio pertence à Fundação dos Palácios e Jardins Prussianos de Berlim-Brandemburgo.

image

Museu Pergamon

image

Eu consegui ir na ilha dos Museus, onde existem cinco Museus. Museu Pergamon, Altes Museum, Neues Museum, Alte Nationalgalerie, Museu Bode. Eu particulamente, só pude conhecer um desses cinco Museus, que foi o Museu de Pergamon, museu de antiguidade grego. Experiência enriquecedora e bastante gratificante. Adoro museus!

image
image
image

Bem, gente! É isso… perdi algumas fotos, mas realmente não conheci tantos lugares em Berlim, mas esse pouco valeu a pena. É uma cidade que hiper indico.
Espero que tenham gostado e aproveitado um pouquinho de Berlim. Prometo que quando eu voltar irei em lugares bacanas e fotografar bastante para o blog. E vocês, já estiveram em Berlim? O que acharam? Comentem e também deixem algumas dicas de lugares e coisas legais para conhecer por lá.

Até a próxima! 😊

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s