No primeiro Iceberg o relacionamento afunda.

giphy (1)

O que adianta o cara ter um rosto lindo, corpo em forma, sorriso perfeito, olhos bonitos, mas ser imaturo, irresponsável, egocêntrico, mimado?

Não adianta de nada, porque mais cedo ou mais tarde o seu verdadeiro EU vai aparecer e estragar toda história.

Ninguém consegue fingir ser o que não é para sempre.
Um dia o tazo vira e revela o desenho que estava escondido.
Porque afinal, quem vive de aparência é passarela, revista de moda, televisão. Em relacionamentos verdadeiros há transparência, tem até uma fase que meninas gostam de garotos, mas mulher gosta de homem e não de moleque.
Chega um momento que não dá mais.

images (15)

Então é nessa hora que o Titanic afunda e o Jack endurece nas águas congelantes do oceano. Enquanto Rose deita em uma madeira imensa, flutua e dorme. Esperando o dia ruim passar.

images (16)

Enquanto isso, Jack congela, sim, ele morre. E Rose sobrevive ao naufrágio que a vida lhe deu.

giphy

Memórias, lembranças, saudades, hão de ficar, mas ela não vai chorar eternamente, um dia ela casa, tem filhos, segue a vida e até reaparece para contar toda história. E aquele Jack que era seu grande amor, se vai para sempre.

download (1)

O mesmo acontece nos relacionamentos, quantas vezes não tentamos de tudo para ficar com alguém? Movendo meio mundo, deixando outras paixões, às vezes indo até contra a opinião da própria família, mas no primeiro iceberg o relacionamento é desestabilizado e submerge.

Muitas Roses largam tudo para apostar em um amor, dando uma chance para os jacks, acreditando que vai dar tudo certo, que ele é o homem do “e viveram felizes para sempre”, e o que ele faz? Simplesmente, não aguenta. Congela e afunda junto com a ideia de ficarem juntos.

Não foi forte o suficiente para aguentar as águas frias do oceano.

Estudos apontam que homens demoram mais para amadurecer. Muitos homens se agarram a isso e entregam às namoradas o papel de babás de barbados. Babás e psicólogas, pois muitos acham que a namorada tem o dever de entender todos os traumas de infância, descupando sempre todas as ações imaturas – ações essas que eles justificam todas as estúpidas e impensadas atitudes.

Ninguém tem responsabilidade pela atitude de outrem, cada um deve responder pelos próprios atos e comportamentos.
Aquele carinha cheio de traumas e com síndrome de Peter Pan. Que não cresceu e vai ser sempre um menino, pois não quer evoluir, quer viver na sua infindável terra do nunca. No primeira tempestade, no primeiro iceberg que aparece no caminho se deixa congelar, cair, afundar. Realmente, não merecem as Roses, são fracos.
A partida dói? Dói! mas a Rose é forte, inteligente e vai sobreviver. Ela poderá continuar o levando no coração, mas não deixará de viver sua vida por causa de nenhum Peter Pan.
giphy (2)

Texto por Alessandra Martins

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s