Armário-cápsula- capsule wardrobe

Oi, gente!

 

 

Estava pensando como iria iniciar minha postagem sobre “o capsule wardrobe” – armário-cápsula. Por isso demorei um pouquinho mais para fazer uma nova postagem no blog. Meu notebook quebrou e não quero comprar outro aqui no Brasil. Estou tendo que digitar tudo pelo celular ( Tá osso).

Bem, assim que resolvi tirar todos os excessos da minha vida, comecei a me interessar pelo minimalismo, assim descobri o armário-cápsula. Quando li alguns artigos e blogs sobre o tema, até que imaginei que fosse mais fácil . Então fui eu iniciar o meu.

20170606_172230

Eu tinha tantas roupas que não cabiam mais no guarda roupa, aquilo me incomodava, mas eu não enxergava uma forma de mudar isso e frequentemente estava comprado algo, por ter gostado ou pelo simples fato de ficar com pena da vendedora que gastava o tempo comigo – Sim, já comprei muitas vezes por este motivo.
Então, com todas estas tentativas de tirar o excesso que venho vivendo, comecei a olhar para as coisas que tenho e vi que esta atitude não era normal, pelo menos não mais para mim.

Assim iniciei todo o processo de doação e algumas vendas de objetos ( roupas, sapatos, eletrônicos), roupas ainda tenho diversas roupas na etiqueta, que nunca foram usadas. Estou tentando distribuir o máximo que posso.

Eu tinha a intenção de iniciar meu armário-cápsula com 50 peças, mas não imagina que fosse tão difícil desapegar, pois muitas roupas eu realmente gosto e uso.

Em breve irei morar no exterior por um tempo, então uni o útil ao agradável. E precisei “transportar minha vida” em duas malas. Uma coloquei casacos, scarfs e algumas bolsas pequenas e outra( a mala maior) roupas e sapatos.

 


Mesmo eu me esforçando para manter 50 itens, passei consideravelmente deste número. A princípio a ideia do armário-cápsula é reduzir os excessos do guarda roupa. Os números( de quantidade das peças) variam entre 7, 15, 33, 45. A pessoa não é obrigada a ficar preso em números, pois como tenho tentado a buscas os ideais minimalistas, vejo o minimalismo como liberdade, mas lógico que se você quer reduzir, não faz sentido acumular algo que você não usa.

Eu passei quase que assustadoramente destes números estipulados, pois meu armário ficou com quase 70 peças, mas acredito muito que irei reduzir assim que chegar no meu país de destino.

 


A ideia do armário-cápsula surgiu em Londres, na década de 70. Quando
dona de uma loja chamada Wardrobe, Susie Faux, criava peças pensando nos itens essenciais para a vida de mulheres britânicas, foi quando entre estas ideais estava o armário-cápsula, que é um misto de roupas atemporais com atuais, tudo de acordo com a sazonalidade, ou seja, de acordo com a época.
Em 1985, segundo a revista In Style Dona Karen, expôs sua  primeira coleção depois de 11anos projetando para Anne Klein, introduziu a América em seu conceito de Seven easy pieces.

“Tantas mulheres acham que as roupas certas ficam desconcertantes hoje, elas descobriram maneiras rápidas de colocar comida na mesa, mas elas não sabem como combinar seus guarda- roupas.” Disse Karan a um reporte na época.

Tanto Sussie quanto Karan trouxeram esta revolução a respeito o que é saber se vestir, mostraram que o que vale é a qualidade e não a quantidade. E o mais importante, fazer o uso consciente de tudo que possui. Recentemente, a blogueira Caroline Rector, do blog Un- Fancy, trouxe de volta esta ideia. Postou em seu blog, este conceito de moda o que fez inspirar mulheres do mundo inteiro.

080615-capsula
Foto reproduzida do site Un-fancy

Caroline reúne 37 peças versáteis que se encaixam perfeitamente ao lifestyle daquela estação. O restante – itens de outras temporadas ou peças que já estavam sendo usadas com pouca frequência – é armazenado em caixas sob a cama e, se não for revisitado mais, será doado.
“Para mim, ter um armário-cápsula significa dedicar mais tempo e energia ao que realmente importa e menos tempo decidindo sobre o que vestir, comprando e lavando roupa. Agora sempre sinto que tenho algo incrível para usar tanto em um brunch de domingo, quanto em uma reunião de negócios.” Disse Caroline em entrevista à revista Marie claire mexicana.

20170606_183321
Foto reproduzida do site Un-fancy

No site, ela disponibiliza um planejamento bastante útil para quem quer começar. Ao todo são 10 passos…

  1. Lifestyle: Reúna em uma lista as principais atividades que envolvem seu dia a dia. Vale incluir eventos especiais já agendados, feriados, viagens, passeio com amigos, trabalho e até o tempo que se passa em casa.
  • Palavras associadas: Escreva o maior número possível de termos relacionados a estilo que você conhece. Circule os que combinam com você e risque aqueles com os quais você não se identifica. Exemplo: boho, tendência, chique, clássico, esportivo, girly… Selecione de 3 a 6.
  • Marcas: Faça uma lista de lojas, marcas e designers que você adora e que funcione com o seu estilo, corpo e orçamento. Isso ajuda a guiar as compras.
  • Cores: Eleja tons majoritários, outros minoritários e alguns pontuais. Pense naqueles que fazem sentido para a temporada, nos que vão fazer a diferença em acessórios, nos que servirão de base…
  • Peças-chave: Coloque no papel itens que você já tem e alguns que pretende comprar. Pense uma lista geral de favoritos para ter uma noção mais completa do seu estilo pessoal. Inclua tops, partes de baixo, sapatos, vestidos e terceiras peças. Deixe de fora da contagem roupas de malhar, acessórios, pijamas, lingerie e moda festa.
  • Looks-chave: Pense em produções que você ama usar, de acordo com as suas atividades básicas, humor, ocasiões especiais.
  • Lista de compras: Agora, dedique-se a reunir itens que você realmente precisa comprar. Mas não se esqueça do limite de peças. Este é o momento de avaliar alguma peça que precisa ser substituída, cores novas que merecem ser consideradas, itens indispensáveis para as temperaturas da estação.
  • Orçamento: Aproveite os e-commerces para avaliar quanto será preciso gastar em cada nova aquisição, mas não gaste mais do que o budget pré-estabelecido.
  • Armário-cápsula: Agora, liste as 30 peças – ou mais – que farão parte do seu armário pelos próximos três meses.
  • Lições aprendidas: Termine anotando ideias e ensinamentos absorvidos durante o processo. Isso será importante na hora de se planejar para a próxima estação.

20170606_184805.png
Bem, eu não segui à risca o planejamento de Caroline, pois pelo fato de o Brasil ser um país tropical, não temos todas as estações definidas. E não quero fazer a troca de peças a cada três meses, desde que eu esteja me sentindo bem com as mesmas irei mantê- las, acredito que por um período bem maior. Mesmo eu indo morar um tempo na europa, não quero continuar sendo uma acumuladora de coisas, por isso também não reduzi totalmente meu armário, pois não pretendo substituir nada tão cedo.
Acredito que cada guarda-roupa cápsula deve estar de acordo com a personalidade e atividades de cada um, ou seja, é bastante pessoal.

É recomendável que cada peça do guarda-roupa combine com algo entre duas a cinco outras peças, para render boas composições.

E você já conhecia este conceito de moda? De quantas roupas você acha que precisa para viver? Acha que está preparado (a)? Lembre- se que menos é mais. Fale aqui como está sendo sua experiência.

 

Beijo e até a próxima!

 

3 comentários

  1. Recentemente fiz uma limpa no meu armário e tirei tudo o que não uso ou não combina com meu estilo, eu tinha o costume de comprar peças só porque achava bonitas, sem pensar em estilo! Estou usando agora peças que eu nem lembrava que existiam no meu armário! Mas, ainda quero incorporar as dicas que você passou também, muito boas! Obrigada!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s