Minas Gerais- Quem te conhece não esquece jamais

Oi, gente!

Quero dizer que adoro Minas Gerais!🙄

Um tempo atrás estive em Minas Gerais  pela segunda vez, pois já conhecia uma cidadezinha chamada Poços de Caldas. Fui para um Resort – na viagem de bonificação de um antigo emprego.

Na última vez que estive em MG, fui por conta própria e fiquei na casa de uns amigos, no bairro Liberdade , em Belo Horizonte. Fiquei uns quatro dias no estado, no mesmo dia conheci cidades como Congonhas e Ouro Preto Preto.

Foi simplesmente fascinante, e certamente pretendo voltar, porque MG tem muitíssimo a me ensinar.

Estar em Minas Gerais foi algo bastante especial, pois a sensação que tive, foi de estar dentro de um livro de história do Brasil, mas além disso, tive uma sensação estranha, de que algo muito errado aconteceu ali, no passado.

Senti uma vibração parecida quando estive em alguns lugares da Alemanha , principalmente, no Memorial aos Judeus.
Quando fiz essa viagem para MG, na época , eu não tinha o blog, sendo assim, as fotografias não eram no intuito de dar dicas de lugares para comer, sair à noite, fazer compras ou algo assim. Espero que apreciem esta postagem. ⚘

As fotos que irei compartilhar serão fotos não tão minuciosas dos lugares onde passei, mas fotos de momentos que eu quero guardar para toda vida.

Belo Horizonte

Começarei compartilhando Belo Horizonte, segunda e atual, capital de Minas Gerais, desde 1897.

Em Belo Horizonte a história começou  em 1701 com a fundação do Arraial Curral del Rei. Depois, quando tornou-se capital de Minas Gerais, passou a ser chamada Cidade de Minas, em 1897. Foi nomeada Belo Horizonte somente em 1901.

O que eu mais fiz em Belo Horizonte foi andar, andei bastante, e conheci muitas praças e ruas interessantes, pena que não tenho todas as fotos, pois a maioria ficou em um eletrônico que não tenho mais.

FB_IMG_1511156405717.jpg

A cidade tem o Palácio , museus, praças no centro, inclusive a Praça da Liberdade , o Mercado Central – que conquistou a posição de terceiro melhor mercado do mundodiversos espaços culturais , inclusive, na época que fui tinha o Oi Futuro –  que agora descobri que está permanentemente fechado, o Mineirão e muitos botecos.

Exposição de Plantu e Cartooning for Peace, caricatura e política. Oi Futuro_ Belo Horizonte- Minas Gerais.

Congonhas

Congonhas é localizado a 70 km de Belo Horizonte, famosa por fazer parte do Ciclo do Ouro no país e, também por sua rica história cultural.

20171120_043811.jpg

“As primeiras informações sobre o povoado de Congonhas datam em 1734. Devido a descoberta de ouro no leito do rio Maranhão e proximidades. O nome dado ao lugar tem origens nas palavras tupi-guarani “Kõ” e “Gõi” e refere-se a uma erva-mate muito comum na região, significando ‘o que sustenta e alimenta’.”

20171119_235117.jpg

Congonhas é onde está grade parte da obra de Aleijadinho, grande Mestre das artes plásticas barroca.
Assim reúne o maior conjunto da arte barroca do Mundo. Ao todo são 78 esculturas assinadas por Aleijadinho.

20171120_055932.jpg

Congonhas é Patrimônio Cultural da Humanidade – Foi concedido pela Unesco em 1985 – a cidade abriga o Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, obras feitas em pedra- sabão por Aleijadinho.

Basílica do Bom Jesus de Matosinhos

20171119_231121.jpg

“A celebração na Basílica (de 7 a 14 de setembro) existe desde 1760 e recebe mais de 100 mil pessoas a cada ano – romeiros que reconhecem graças alcançadas e pagam promessas. Há missas em vários horários e diversas barracas que vendem comidas, artigos religiosos e roupas.”

E é também em Congonhas que costuma ter a famosa encenação da paixão de Cristo. Em torno da Praça da Basílica que os espaços são montados.

Nas laterais do caminho que dá acesso à igreja há capelas dos passos da Paixão.

20171119_234634

As capelas dos passos da Paixão só foram construídas depois de sido terminada a igreja. A partir de 1796 é registrada que Aleijadinho construía as 66 estátuas.

FB_IMG_1511134172200

O trabalho de Aleijadinho e seus assistentes levou 3 anos 5 meses. Em 1798 foram contratados os pintores Francisco Xavier para pintá-las.

Beirando a Basílica Jubileu do Senhor Bom Jesus encontramos diversas lojinhas de artesanato, que mais parecem fazer parte da decoração da cidade.

São trabalhos artísticos que na grande maioria das vezes, retrata a história de um passado escravocrata não muito distante.

Ouro Preto

Por que Ouro preto ?

Porque o ouro era realmente preto.

O primeiro nome da cidade foi Vila Rica, mas devido a grande concentração de ouro escuro, recoberto com uma camada de óxido de ferro, encontrado na cidade, foi adotado em 20 de maio de 1823, o nome de Ouro Preto.

FB_IMG_1511134028880

A cidade foi fundada em 1711, em origem do arraial do Padre Faria e outros arraiais, tendo recebido o nome de Vila Rica. Poucos anos depois foi escolhida como a capital da capitania das Minas Gerais de 1720 até 1897.

Ouro Preto é localizada a 95 quilômetros da capital Belo Horizonte, foi tombada como Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco, em 1980.

20171119_222453.jpg

Mantém uma arquitetura colonial intacta. Antes dos portugueses, no século XVI, Ouro Preto era povoado por povos indígenas,  após a chegadas dos bandeirantes em busca de ouro, consequentemente, foi dizimada a maioria dos indígenas, assim, negros, da região da Costa da Mina , na África – por já serem experientes em garimpo, foram trazidos para a escravidão.

Hoje, Ouro Preto é um berço de memórias atrozes, ademais, traz um conjunto arquitetônico magnífico construído por mãos negras.

Um lugar que estive recemente que trouxe- me lembranças de Ouro Preto, foi a também cidade histórica de Paraty, tanto na arquitetura quanto na história  de escravidão.

E estas tais similaridades não foi em vão, pois  rei Dom João V mandou fazer a estrada real – de mão dupla que ligava Paraty aos povoados e vilas, passando por regiões de ouro e diamante, em Minas Gerais.

Embora a toda a história de ganância e atrocidades seja revoltante nesse país, não dá para negar que a cidade de Ouro Preto é um dos lugares históricos do Brasil mais fascinantes que existe,  e fico feliz em ter estado lá, pois exibi uma beleza esplêndida que encanta a cada passo.


Rua do Centro Histórico da cidade; fundada no fim do século 17, Ouro Preto viveu um período de glória durante o Ciclo do Ouro em Minas Gerais.

FB_IMG_1511134021199

Igreja São Francisco de Assis

Projetada por Aleijadinho, foi construída em estilo Barroco e elementos em estilo Rococó.

Foi declarada em 2009 uma das sete maravilhas de origem portuguesa no mundo.

20171120_045323.jpg

“É uma das maiores e mais celebradas construções do mestre Aleijadinho, que elaborou o medalhão da fachada e o lavabo da sacristia – peça de pedra-sabão que impressiona pela riqueza de detalhes e perfeição. O forro da nave, que Mestre Athaíde levou mais de dez anos para pintar, é uma de suas maiores obras.

No altar-mor, os painéis e quadros laterais também são de sua autoria.
fachada é uma obra-prima da arquitetura colonial mineira.”

Geralmente é proibido fotografar no interior da maioria das igrejas, incluindo a São Francisco de Assis.

Museu da Inconfidência

Museu da Inconfidência fica na Praça Tiradentes,  foi inaugurado em 1944, em homenagem à Inconfidência Mineira.

“Instalado no prédio da antiga Casa de Câmara e Cadeia, tem 16 salas temáticas. No Panteão da Inconfidência estão os restos mortais de 16 inconfidentes; na sala ao lado, as supostas traves de madeira da forca de Tiradentes e o livro original com a declaração de sua condenação.”

Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar

Reúne entalhes das três fases do barroco mineiro e está entre as capelas com maior quantidade de ouro do Brasil (mais 400 kg). O Museu de Arte Sacra, no subsolo da sacristia, exibe imagens de N.S. do Pilar, Santa Bárbara e N.S. da Conceição.

20171120_065101.jpg

Ouro Preto é uma cidade que transborda história, arte e cultura. Um lugar que tem o poder de nos levar para um passado que não vivemos, porém, imaginávamos todas às vezes que líamos ou ouvíamos a história do Brasil.

 

E você já conhece Minas Gerais? Talvez você até more por aí, né?!  Minas Gerais – quem conhece não esquece jamais. 😊

Beijo e até a próxima! 🤗⚘

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s