Consciência Negra – LUTO

20 de Novembro- Dia que é celebrado o dia da Consciência Negra – um dia que serve para refletir a quantidade de negros que morreram durante os martírios da escravidão. Pensar sobre todo atraso que reflete em nossos dias, assim, continuar a luta e caminhar em direção à liberdade.

O luto continua, pois ainda hoje, continuam matar o negro. Racismo estrutural. Negros não são baratas. Negros são seres humanos, mas representam 71% das vítimas de homicídio no país

Grandes guerreiros negros do Brasil

É bastante engradecedor  ver o quão forte foram estas pessoas que contribuíram imensamente na formação do povo brasileiro. Logo vemos também, que a determinação feminina no território suburbano já estava muito intensificada com nossos ancestrais,  pois entre muitos líderes estavam mulheres, guerreias que lutaram, existiram e resistiram em prol da liberdade.

Sorrisos – Jardim Gramacho

Dia 12 de outubro é a data que celebra o dia das crianças, no Brasil, mas, em Jardim Gramacho foi dia 29 de outubro. Por quê?

– Arrecadação

Por conseguinte, junto com o grande empenho e ajuda do Projeto Voluntários do Bem, foram arrecadados em um mês, mais de 1mil brinquedos e doces para as crianças de Jardim Gramacho.

Ninfomaníaca, de Lars Von Trier – um filme que nos faz refletir

Ninfomaníaca é a história erótica de uma mulher, desde a sua infância até seus 50 anos, que é contada pelo personagem principal, a auto-diagnosticada ninfomaníaca.

O foco do filme não é o ato sexual em si, mas sim as sombrias facetas do ser humano e os diversificados lados obscuros do “homem”- que muitas vezes são reprimidos, mas sendo revelados quando estimulados. Há diversas citações religiosas, literárias e filosóficas no filme.

A polêmica do papel higiênico – Existe papel higiênico branco e ninguém fala que é racismo

Usaram o “Black is Beautiful”, de forma leviana, pois poderiam muito bem usar black is fancy, black is classy, black is sophisticated ou ate The New Black, mas não, resolvem usar “Black is beautiful”.

First Contact- Tribo perdida da Amazônia

O “índio” tem respeito pela natureza e pela vida, e se ele tem um comportamento de ataque, provavelmente, se sentiu ameaçado.

O documentário nos mostra um pouco desta rica diferença cultural. Nos traz
a descoberta de uma tribo que nunca havia tido contato com o mundo fora da selva até 2014.