Você é o que importa

Aposte todas as fichas em você. Seja seu número, seu melhor amuleto, sua cor, sua canção, sua lembrança, sua companhia, sua roupa preferida. Se vista de você diariamente, e se você enjoar, se recrie, se transforme, só seja você mesmo. Mude o cabelo, mude o batom, mas não mude a essência. Se afaste do que … Continue lendo Você é o que importa

Lançamento do livro Mulheres Reais – Linguagens Plurais

O Movimento “Mulheres Reais” (MMR) lança no Rio de Janeiro, a antologia poética “Mulheres Reais: Linguagens Plurais”, pela editora Quártica Premium. São quarenta poetisas que compartilham através da poesia a existência feminina. Eu mostro em meus versos a vulnerabilidade que se encontra, a luta e resistência do corpo negro. Ser mulher negra viva em uma sociedade tão racista e machista é um ato revolucionário. Nada pode nos calar Quando o segurança aborda, o sistema corta, a polícia mata. Continua o nó, nada desata. Te param, revistam. Suspeito. É racismo estrutural, falta de respeito!

A Língua das Coisas”, curta metragem inspirado na obra de Manoel de Barros

A Língua das Coisas nos remete à nostalgia da infância, aquela infância que hoje em dia, infelizmente, não se vive mais, saudosismo da inocência em histórias e imaginações que se tinha sobre o mundo.

Terra Negra

Cristiane Sobral apresenta em seus versos uma posição de liberdade feminina ao abordar o amor negro, o sexo e a beleza que vai além da estética. Conseguindo romper barreiras que impendiam e ainda impedem o negro de alcançar uma verdadeira democracia racial.

Poema: Palavras

As palavras são soltas. Elas vão, elas vem, podem doer, machucar, podem alegrar, consolar, podem atingir a um ou dois - sempre vão chegar em alguém, em algum lugar. Elas ferem e interferem. Palavras.

Poema: Refém

Todo esse tempo me mantiveram refém. Refém do medo, das opiniões. Refém dos estereótipos, dos estigmas, das generalizações. Sistema! Nada evoluiu, recessão.

Poesia: Mulher Diabo

Oi, gente! Julho é o mês que nasci. Nasci no dia dois (02 ) de julho. Tenho a sensibilidade à flor da pele. Faço niver no próximo domingo. Amanhã, né? rs Por isso tenho postado algumas poesias que fiz para mim. hahaha Ah galera... a gente pode se amar ao ponto de se homenagear, né? - … Continue lendo Poesia: Mulher Diabo