Segue o baile

Não devemos nos sentir culpados porque o outro foi injusto, porque o outro mentiu, porque o outro não nos quis, porque o outro não nos ama, porque o outro não vai com a nossa cara, porque o outro nos olha torto, porque o outro é grosseiro, porque o outro não nos entende, porque o outro … Continue lendo Segue o baile