Ninfomaníaca, de Lars Von Trier – um filme que nos faz refletir

Ninfomaníaca é a história erótica de uma mulher, desde a sua infância até seus 50 anos, que é contada pelo personagem principal, a auto-diagnosticada ninfomaníaca.

O foco do filme não é o ato sexual em si, mas sim as sombrias facetas do ser humano e os diversificados lados obscuros do “homem”- que muitas vezes são reprimidos, mas sendo revelados quando estimulados. Há diversas citações religiosas, literárias e filosóficas no filme.

The Get Down – Para quem ama Arte

Há exatamente um ano,  a primeira temporada de The Get Down foi lançada. Série que foi dívida em duas partes. Tendo sua segunda parte lançada em 07 de abril de 2017. E venho aqui postar sobre, pois uma série como esta não pode passar em branco. Pode ser que haja alguns spoleirs, mas nada que estrague todas as surpresas da série, pois ela tem tantas peculiaridades artísticas que seria impossível transmitir tudo em uma só postagem.
No dia 12 de agosto de 2016, foi lançado na Netflix umas das melhores séries musicais que já assisti. Embora eu não tenha assistido tantas séries musicais, quero levar em consideração o conteúdo artístico que a série transmite.

Stranger Things

A história se passa no ano de 1983, em uma pequena cidade chamada Hawkins, Indiana. Existe um grupo de amigos pré-adolescentes Mike Wheeler, Dustin Henderson, Lucas Sinclair e Will Byers, onde se reúnem com frequência para jogar jogos de tabuleiro na casa de Mike-( assim que o episódio inicia) mostra os amigos retornando para casa depois do jogo e um deles ao chegar em casa estranhamente desaparece.